Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ARTHUR CHIORO

Ministro da Saúde pede demissão, mas reassume cargo ainda hoje

Ministro da Saúde pede demissão, mas reassume cargo ainda hoje
21/02/2014 11:07 - AGÊNCIA BRASIL


O ministro da Saúde, Arthur Chioro, pediu demissão do cargo para assumir uma vaga na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A portaria com a exoneração a pedido está no Diário Oficial da União de hoje (21).

A assessoria do ministério informou que Chioro foi aprovado em concurso da Unifesp antes de assumir a pasta. Ele toma posse ainda hoje na universidade e se licencia para reassumir o ministério. O retorno dele ao cargo de ministro será publicado também hoje em edição extra do Diário Oficial.

Assume interinamente a pasta Mozart Julio Tabosa Sales, atual secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, depois de finalizados os processos de admissão na instituição de ensino, ele reassume o cargo.

Chioro era secretário de Saúde de São Bernardo do Campo e assumiu no lugar de Alexandre Padilha que deixou o cargo para disputar o governo de São Paulo.
 

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!