Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Ministro da Pesca participa de lançamento da MS Peixe em Dourados

Ministro da Pesca participa de lançamento da MS Peixe em Dourados
17/06/2010 06:29 -


Cícero Faria, de Dourados
Carlos Henrique Braga, da redação

O lançamento oficial das obras do frigorífico de pescados da MS Peixe Cooperativa de Aquicultura de Dourados ocorrerá amanhã no auditório da prefeitura, com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, que estará em Dourados e Itaporã cumprindo agenda.
Dourados abriga 35% dos produtores de pescado de Mato Grosso do Sul, segundo escritório regional do Ministério da Pesca. A maioria da produção é familiar. Atualmente com produção de mil toneladas por ano, a cidade atende somente à demanda regional. Com o frigorífico, o município terá condições técnicas e sanitárias para produzir peixe de qualidade e abrir as exportações.

Segundo o secretário de Agricultura, Indústria e Comércio, Maurício Peralta, com o frigorífico, com capacidade total de processar cinco toneladas por dia, a produção de pescado na  região da Grande Dourados será ampliada. A indústria, que iniciará abatendo em torno de 2,5 mil quilos, terá o  Serviço de Inspeção Federal (SIF), e atenderá aos cooperados e piscicultores independentes fazendo o abate e esviceração dos peixes.

Hoje, existem dois entrepostos de processamento de pescado em MS: a multinacional suíça Mar & Terra, em Itaporã, e a Cooperativa de Piscicultores de Mundo Novo (Coopisc). Segundo o escritório do ministério, a abertura do frigorífico em Dourados possibilita processamento da produção de piscicultores de pequeno porte que dedicam-se à produção de pacu e tambacu, o que não é viável na unidade da Mar & Terra.

O frigorífico da MS Peixe é custeado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura; a Prefeitura de Dourados cedeu em comodato, uma área de 3,5 hectares, localizada no trevo das BRs-163 e 376, próxima do acesso a Fátima do Sul. O término da obra está previsto para oito meses. A estrutura vai possibilitar a realização de todo o processamento do peixe que sairá do frigorífico pronto para a comercialização.

Antes da solenidade, o ministro encontrará o prefeito Ari Artuzi para deliberar sobre projetos do setor da piscicultura. Às 10h, o ministro participa de reunião na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) com representantes do Território da Cidadania.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!