Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mato Grosso do Sul

Ministério Público Federal combate fazendas fantasmas em 60 cidades

6 SET 12 - 07h:50Edivaldo Bitencourt e Celso Bejarano

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil com o objetivo identificar e combater a grilagem de terras, “fazendas fantasmas” e sobreposição de áreas. O alvo da procuradoria é identificar 3,9 milhões de hectares de terras excedentes em 60 municípios de Mato Grosso do Sul.

Além de apurar o tamanho de todas as propriedades rurais registradas no cadastro do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a procuradoria solicitará à Corregedoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) uma devassa nos cartórios de 11 cidades.

Oficialmente, conforme o Incra, as 80,9 mil propriedades rurais somam 40,282 milhões de hectares em Mato Grosso do Sul. O problema é que, somando a área urbana, áreas de conservação, reservas indígenas e parques, o Estado tem uma área de 35,7 milhões de hectares.

Existem muita gente que é dona de uma área de 4,5 milhões de hectares que só existem no papel.  

Clique aqui para ler a matéria completa

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto
FRANQUIA

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto

Especialistas debatem sanidade na produção de suínos
SUINOCULTURA MS

Sanidade é tema de evento sobre produção de suínos

Drogas e bebidas matam três indígenas por semana
EM DOURADOS

Drogas e bebidas matam três indígenas por semana

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular
MENSAGENS VAZADAS

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular

Mais Lidas