Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Ministério Público é acionado contra Rachel Sheherazade

9 FEV 2014Por DM.COM.BR04h:00

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) publicou em seu Twitter pessoal que o Psol vai abrir representação contra o SBT e Rachel Sheherazade por declaração polêmica dada em 31 de janeiro no Jornal do SBT.

Segundo Valente a ação tem relação com a "apologia a tortura e ao justiçamento" que a jornalista fez com sua coluna de opinião no Jornal do SBT. Ela foi a favor da ação do jovem que foi preso em um poste depois de ser espancado por um grupo de rapazes no Rio de Janeiro. Para o deputado ela fez incitação ao crime, à tortura e ao linchamento.

"Esta espécie de fascismo televisivo que prolifera pelas TVs precisa de um freio que passa pela democratização da mídia e pelo controle social" disse o deputado em sua rede social.

"Essa jornalista simplesmente disse que tem razão os vingadores que fizeram justiça com as próprias mãos, em torturar, porque a polícia para ela está desmoralizada, a Justiça não opera e é necessário voltar ao velho oeste e fazer justiça com as próprias mãos”, completou.

Leia Também