Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

CORUMBÁ

Ministério prorroga permanência da Força Nacional

16 MAR 2011Por DA REDAÇÃO11h:46

Foi prorrogada por mais três meses a presença da Força Nacional de Segurança Pública nas regiões de fronteira de Mato Grosso do Sul e outros nove estados brasileiros. A ampliação do prazo foi determinada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU). A prorrogação está dentro das diretrizes do Plano Nacional de Atuação nas Áreas de Fronteiras.

A manutenção da Força Nacional por mais três meses é para garantir o êxito da Operação Sentinela realizada pela Polícia Federal em dez estados brasileiros para combater o tráfico de drogas, de armas, entradas de produtos ilícitos, saída irregular de riquezas e todo o tipo de crime praticado na linha fronteiriça.

Segundo a portaria ministerial, se houver necessidade, o prazo pode ser novamente prorrogado. Além de Mato Grosso do Sul, a Operação Sentinela é desenvolvida pela Polícia Federal nas fronteiras dos estados do Amapá, Pará, Roraima, Amazonas, Acre, Rondônia, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

A determinação do Ministério da Justiça assegura o uso de "armas letais" para "legítima defesa dos policiais e de terceiros". Estabelece ainda que o número de policiais a ser disponibilizado pelo Ministério da Justiça obedecerá ao planejamento dos órgãos envolvidos na operação.

 

Com informações do Diário Corumbaense

Leia Também