Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Saúde

Ministério firma parceria e SUS terá vacina contra catapora em 2013

4 AGO 2012Por Terra18h:09

O Ministério da Saúde, a Fiocruz e o laboratório privado britânico GlaxoSmithKline (GSK) firmaram, neste sábado (4), uma parceria que possibilitará a produção nacional da vacina tetra viral, que vai imunizar as crianças contra quatro doenças: caxumba, rubéola, sarampo - já inseridas na tríplice viral, ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS) desde 1992 - e a varicela, mais conhecida como catapora.

O convênio foi assinado pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, no Rio de Janeiro e prevê a transferência de tecnologia entre o laboratório público Bio-Manguinhos e o britânico GSK. A vacina será disponibilizada ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde a partir de agosto de 2013. Será aplicada em duas doses: a primeira, quando a criança tem 12 meses, e a segunda, aos quatro anos de idade.

"Hoje, temos dados que mostram que quase 11 mil pessoas são internadas por ano pela varicela e temos mais de 160 óbitos. Além disso, tem uma economia no trabalho dos profissionais de saúde, pois usa-se apenas uma agulha, uma seringa, um único local de conservação", declarou o ministro Alexandre Padilha.

O Ministério da Saúde investirá R$ 127,3 milhões para a compra de 4,5 milhões de doses por ano. Atualmente, a vacina contra catapora não faz parte do calendário básico de imunizações anual do SUS. É disponível em dose separada na rede pública apenas em épocas de surto e campanhas específicas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também