Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

BR-376

Ministério empenha R$ 22 milhões para recuperar via

25 MAI 2011Por DA REDAÇÃO13h:56

O Ministério dos Transportes empenhou (procedimento que antecede a liberação) R$ 22 milhões para recuperação do asfalto de 174,9 quilômetros da BR-376. A rodovia corta os municípios de Fátima do Sul , Vicentina, Glória de Dourados, Deodapolis e Nova Andradina. A confirmação foi dada hoje (25/05) ao deputado federal Giroto (PR-MS) pelo próprio ministro da pasta, Alfredo Nascimento.

Os recursos são para executar a restauração com recapeamento da estrada em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), divididos em três lotes. Para o primeiro lote, com extensão de 63,4 quilômetros – o ministério assegurou R$ 8 milhões. O segundo lote tem a disposição outros R$ 8 milhões a ser utilizado na extensão de 54,6 quilômetros. O último trecho tem extensão de 56,9 quilômetros e o Ministério empenhou R$ 6 milhões para atendê-lo.

“Com este empenho, fica garantida a liberação dos recursos que vão permitir a recuperação da camada asfáltica da via. Isso, na prática, representa maior segurança aos motoristas, possibilita o deslocamento em velocidade maior e reduz os riscos dos veículos quebrarem por causa de buracos”, enfatizou Giroto.

A obra faz parte do Programa CREMA 1ª Etapa (Programa de Conservação, Restauração e Manutenção de Rodovias), do Ministério dos Transportes, desenvolvido por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para a Rodovia BR-376/MS, com investimentos totais previstos de R$ 37,5 milhões, numa extensão de 174,9 quilômetros.

Leia Também