Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Ministério da Justiça abre processo contra TAM e Gol por irregularidade em venda de passagem aérea

24 JUL 12 - 19h:00AGÊNCIA BRASIL

O Ministério da Justiça (MJ) abriu processos administrativos contra as duas principais empresas de transporte aéreo no país, TAM e Gol, sob suspeita de irregularidade na venda de passagens aéreas. O MJ vai apurar se as empresas oferecem informações suficientes do seguro-viagem selecionado pelo comprador.

Segundo a assessoria do MJ, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor constatou por meio de denúncias dos consumidores e por análise de documentos que há indícios de infração aos direitos do consumidor e prática comercial abusiva no fornecimento dos serviços.

Em nota oficial, a Gol informou que o seguro-viagem é oferecido a todos os clientes, que o comprador pode, ou não, optar pelo serviço e para a adesão é necessária a confirmação final do cliente. A nota informa, ainda, que todas as informações legais sobre o seguro estão disponíveis no site da empresa.

A assessoria da TAM informou que a empresa ainda não foi notificada, mas prestará todas as informações solicitadas ao MJ. A companhia também informou que o seguro-viagem pode ser adquirido no seu site, não sendo obrigatório.

Se constatadas as irregularidades, a multa para as empresas pode chegar a R$ 6,2 milhões. TAM e Gol têm dez dias, a partir da notificação, para apresentarem suas defesas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS
PREVISÃO DO TEMPO

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia
VIOLÊNCIA

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia

Volkswagen Jetta GLI
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen Jetta GLI

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal
LOTERIA

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal

Mais Lidas