Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Militares que irão para Haiti iniciam treinos

19 JUL 10 - 20h:17
O Comando Militar do Oeste (CMO) enviará 605 militares para o Haiti, sendo 517 de Mato Grosso do Sul e 88 de Mato Grosso, a partir de 15 de agosto. Eles fazem parte do 2º Batalhão de Infantaria de Força de Paz (Brabatt 2) e ajudarão na reconstrução do país devastado por terremotos, no início deste ano. A seleção e o treinamento dos voluntários começaram há quatro meses e, ainda hoje, serão iniciados os exercícios de simulação de combate, em Campo Grande.
No total, partirão para o país da América Central 908 pessoas, que formam o 13º contingente da missão de estabilização, com integrantes de outras regiões do Brasil. No total, são três companhias de fuzileiros, uma de cavalaria e um comando de apoio de força de paz.
“Nossa missão é ajudar no processo de estabilização do Haiti, para proporcionar segurança. Serão desenvolvidas ações de patrulhamento, vasculhamento, cooperação, assistência social, entre outras”, afirmou o major Alexandre Petrini Leonardo, da seção de Comunicação do Brabatt.
Nesta semana, todos os militares passaram concentrados na Capital para inspeção de saúde, vacinação, recebimento de equipamentos e passaram por trabalho psicológico de motivação. Nesta segunda-feira, serão realizados exercícios básicos de operação de paz, quando são simuladas situações análogas às que os voluntários encontrarão no Haiti. (ST)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira o horóscopo deste domingo
ASTRAL

Confira o horóscopo deste domingo

CORREIO RURAL

Fertilizantes: código de uso sustentável recomenda boas práticas

BRASIL

Falta de objetividade na Justiça tem custo alto, diz Alexandre de Moraes

BRASIL

Presidente do Sindicato dos delegados de PF critica Bolsonaro

Mais Lidas