domingo, 15 de julho de 2018

REGRESSO

Militares do MS que atuaram no Haiti estão em MS

19 FEV 2011Por DA REDAÇÃO15h:14
Tudo transcorreu com tranqüilidade durante o desembarque dos 44 militares do 2º Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABATT 2), que atuou por seis meses na Missão de Estabilização das Nações Unidas para o Haiti (MINUSTAH).

Debaixo de uma forte chuva, os militares desembarcaram na Base Aérea de Campo Grande, às 23h30min de ontem, e foram conduzidos diretamente para efetuarem os procedimentos de vistoria por parte da Agência de Vigilância Sanitária, da Receita Federal e da Polícia Federal. A atividade é normal em caso de retorno de militares em missão no Exterior.

Após as checagens, todos foram encaminhados para o 18º Batalhão Logístico (18º B Log) onde ficarão em isolamento, cumprindo os cinco dias em quarentena, previstos na Diretriz Médico-Sanitária para a Mobilização e Desmobilização dos Efetivos Militares da MINUSTAH. Durante esse período, realizarão uma série de exames, a fim de serem liberados para retornarem às suas famílias.

Dos 44 integrantes do BRABATT 2 que desembarcam ontem, sete pertencem ao efetivo de organizações militares de Campo Grande e os demais são de Aquidauana, Corumbá e Dourados.
A tropa do BRABATT 2 seguiu para o Haiti a partir do dia 15 de agosto de 2010, e desde então desempenhou missões de vigilância e patrulhamento de vários pontos da capital haitiana, Porto Príncipe, além de efetuar a segurança de autoridades e de instalações.

No dia 23 de fevereiro, no 18º B Log, às 14 horas, será organizada uma solenidade de desmobilização, onde os militares retornarão às suas Organizações Militares de origem, bem como ao convívio de suas respectivas famílias

Leia Também