Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

'DESATENTO'

Milionário da Mega-Sena já 'perdeu' R$ 80 mil

Milionário da Mega-Sena já 'perdeu' R$ 80 mil
21/02/2014 17:58 - FOLHA PRESS


O dono do cartão vencedor da Mega-Sena de R$ 111 milhões deixou de ganhar mais de R$ 80 mil por não ter retirado seu prêmio em uma agência da Caixa Econômica Federal até hoje.
Essa é a quantia que o prêmio renderia em quatro dias, de ontem a domingo, caso estivesse aplicado na poupança -mais de R$ 643 mil por mês, o equivalente a R$ 21,4 mil por dia

A Caixa informou no fim desta tarde que o prêmio ainda não foi resgatado e que o jogo foi uma aposta simples, não um "bolão".

O novo milionário fez sua aposta em uma lotérica de Santa Bárbara d'Oeste (a 135 km de São Paulo), cidade de 188 mil habitantes entre Campinas e Piracicaba.

"Ficamos muito feliz que foi aqui que saiu o prêmio", diz Roberto Bufarah, 57, um dos donos da Lotérica Júpiter, que fica ao lado do estádio do União Agrícola Barbarense, clube de futebol da cidade.

Bufarah afirma que falou com o vencedor do sorteio ontem pela manhã, por telefone. "Ele ligou perguntando "o que eu faço?" e ficava repetindo "eu ganhei, eu ganhei, eu ganhei'. Pela voz, parecia ser uma pessoa de idade e bastante simples."

Questionado sobre a possibilidade de a ligação ser um trote, o dono da lotérica disse que não acredita na hipótese. "Eu senti no telefonema que não era brincadeira. Ele falava com convicção, e dava para sentir a simplicidade da pessoa pela voz."

Três apostas

O mais novo milionário ganhou com uma aposta simples, de R$ 2, feita no dia do sorteio. "Ele fez três jogos de R$ 2 e ganhou essa bolada", diz Bufarah. "Acho que ele não tem nem noção do tanto que ganhou."

Sobre o vencedor ainda não ter retirado o prêmio, o dono da lotérica afirma que provavelmente "a ficha não caiu ainda".

"Quando ele perguntou 'o que eu faço?', eu falei: 'vai na Caixa, fala com o gerente'", disse Bufarah. "Eu até me ofereci para ir ao banco com ele, se precisasse, mas ele disse que ia pedir para um amigo levá-lo. Ele agradeceu e disse 'depois eu passo aí!', mas até agora não passou." 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.