Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

2013

Milho é um dos destaques nas operações da Conab

5 JAN 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Graças às operações de Venda em Balcão para o milho, realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em atendimento aos estados pertencentes à Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), até novembro de 2013 foram vendidas mais de 590 mil toneladas do produto, a preços subsidiados, para cerca de 200 mil criadores. O milho tem sido a mais importante fonte suplementar de alimento para os animais da região Nordeste e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, afetados pela maior seca dos últimos 50 anos.

Também ao longo de 2013, a Conab realizou leilões de Contrato de Opção Venda de milho, ofertando 2.500 t, dos quais 2.080 t foram negociadas, garantindo boa remuneração aos produtores. Por meio desta ferramenta, o produtor rural ou sua cooperativa tem o direito de vender seu produto para o governo, em uma data futura, a um valor fixado anteriormente, evitando o risco de ter prejuízos financeiros em razão de queda nos preços no mercado. A baixa nos preços do milho aconteceu principalmente porque os Estados Unidos voltaram a produzir o grão dentro da sua normalidade.

Outra operação que teve destaque em 2013, em relação ao milho, refere-se ao Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), principalmente para o Estado de Mato Grosso.

Entre julho a novembro foram lançados leilões para 9.750 t, sendo negociadas 8.861,7 t. O Pepro é uma subvenção econômica onde o produtor rural, ao arrematar o prêmio em leilão, se compromete a vender o volume adquirido pela diferença entre o Preço Mínimo estabelecido pelo governo federal e o valor adquirido. Isso assegura que a venda ocorra a um preço justo para o produtor.

Mato Grosso também foi destaque na realização de Aquisições do Governo Federal (AGF), com a compra de 636.808,29 t de milho. Por meio de AGF, a Conab beneficia o agricultor ao adquirir sua produção quando o preço de mercado estiver abaixo do preço mínimo estabelecido para a safra vigente. Isso vale para qualquer produto que faça parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM).

Fonte: Conab

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado em "A Vida Secreta dos Casais", da HBO
COLUNA INSIDE

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado em "A Vida Secreta dos Casais", da HBO

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião