Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Milan abre portas para retorno de Kaká

13 JUL 12 - 13h:00terra

A negociação entre Milan e Paris Saint-Germain pelo brasileiro Thiago Silva e o sueco Zlatan Ibrahimovic no valor de cerca de R$ 155 milhões está prestes a ser anunciada oficialmente, segundo a imprensa europeia. A saída dos jogadores aliviaria a folha salarial do Milan em aproximadamente R$ 372 milhões nos próximos dois anos, valor mais do que suficiente para bancar o retorno do meio-campista Kaká, hoje no Real Madrid.

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, afirmou no começo do verão europeu que a volta do jogador era impossível, pelo alto salário que recebe na Espanha. Ele ganha, de acordo com o diário AS, nove milhões de euros por temporada (R$ 22 milhões) e tem mais três anos de contrato.

A liberação do Real não será problema. O brasileiro está em baixa com o técnico José Mourinho desde a atuação apagada, e o pênalti perdido, na segunda partida semifinal da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique.

Apresentado para 55 mil pessoas no Santiago Bernabéu, a saída aliviaria os dirigentes do Real Madrid e facilitaria a contratação do meio-campista croata Luka Modric, do Tottenham.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mais de 70 mil candidatos devem fazer Enem em novembro
TÁ CHEGANDO A HORA

Mais de 70 mil candidatos devem fazer Enem em novembro

Após Previdência, dólar cai ao menor nível em dois meses, aos R$ 4,0328
MERCADO FINANCEIRO

Após Previdência, dólar cai ao menor nível em dois meses, aos R$ 4,0328

Campo Grande terá 34 ônibus <br>com ar-condicionado em 2020
TRANSPORTE COLETIVO

Campo Grande terá 34 ônibus com ar-condicionado em 2020

Família dele está feliz mas a minha chora, diz mulher de motorista morto
INSATISFAÇÃO

Família dele está feliz mas a minha chora, diz mulher de motorista morto

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião