Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Goiás

'Milagre', diz médico sobre modelo que sobreviveu a tiro na cabeça

2 MAR 14 - 13h:00Terra

A modelo que levou um tiro na cabeça durante um assalto a sua residência em Goiânia (GO), na última quinta-feira, se recupera bem. Lorrane Melo, 27 anos, está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). A bala entrou pela cabeça um pouco acima da orelha direita e perfurou lateralmente o crânio, atingindo ossos da face e da mandíbula, além de músculos e pelo, e se alojou embaixo da língua. "Foi um milagre. Se fosse alguns centímetros mais à esquerda acho que o desfecho teria sido muito pior", avaliou o diretor do departamento médico, Antonio Guise.

"Foi muita sorte ela não ter tido uma lesão mais grave. Outro aspecto que precisamos ressaltar é o pronto-atendimento que chegou imediatamente na casa e a removeu para o hospital. Fomos alertados do incidente e já colocamos uma equipe de prontidão esperando ela chegar. Além disso, o fato de ela ser uma pessoa pessoa jovem, que tem capacidade bem maior de recuperação", complementou.

De acordo com Guise, a modelo está consciente, respira sem aparelhos e conversa normalmente. "Ela está com cuidados intensivos por precaução do risco de contaminação e com uso de sedativos por causa da dor", explicou o médico. Ele salientou que ainda é cedo para dizer se Lorrane terá alguma consequência em razão dos ferimentos. "Ela ainda apresenta muitos edemas e inchaço. Precisamos esperar que eles reduzam e só depois poderemos ter um diagnóstico preciso", afirmou.

A remoção da bala também será feita posteriormente. "O projétil, quando entra, causa o trauma do impacto e do calor. Isso provoca muito edema. É arriscado tirar agora e está em um lugar que não causa nenhum dano no momento", disse.

Quando foi baleada por um dos assaltantes, Lorrane estava deitada no chão, com o seu filho de 1 anos nas costas. O médico contou que não conversou a respeito do ocorrido com a modelo. "Ela está em um momento crítico, fragilizada, e não conversamos com ela sobre isso, evitamos tocar nisso com ela. Isso está sendo conduzido pela área da psicologia e da assistência social, que está fazendo o diagnóstico do estado emocional dela", disse, se referindo ao atendimento multidisciplinar que atende os pacientes no Hugo.

A expectativa de Guise é que em breve Lorrane deva ser transferida para a enfermaria do hospital e, se necessário, passará por cirurgia para recompor os ossos fraturados. "Ela provavelmente vai se submeter a cirurgia de reparação, mas tudo no seu tempo. Com tem muito edema no momento, a gente não sabe o grau de lesão que ela teve", completou.  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RIO DE JANEIRO

Reforma é concluída e pista do Santos Dumont volta a operar normalmente

Psita ficou fechada por quase um mês
Árvores em contato com fiação podem causar incêndios e choque elétrico
DIA DA ÁRVORE

Árvores em contato com fiação podem causar incêndios e choque elétrico

Em período de reprodução de aves, mulher é presa por roubar periquitos
MULTA DE R$ 10 MIL

Mulher é presa por roubar periquitos em ninho

ESTADO GRAVE

Policial Militar é baleado na cabeça com tiro de fuzil durante abordagem

Tiros foram de armas de longo alcance contra grupo de policiais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião