Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Microsoft confirma aquisição do Skype

11 MAI 2011Por rtp04h:30

A Microsoft confirmou, esta tarde, ter chegado a acordo para a compra do serviço de telefone via internet Skype, por 8,5 mil milhões de dólares (5,9 mil milhões de euros). Trata-se da maior aquisição do gigante mundial de software, desde que decidiu estender o seu domínio aos mundos da comunicação, entretenimento e informação.

Em todo o mundo, são mais de 663 milhões os clientes do Skype que, em 2010, consumiram mais de 207 mil minutos em conversas telefónicas e videochamadas através desta plataforma.

Ao anunciar o negócio, o presidente executivo da Microsoft, Steve Balmer, disse que “o Skype é um serviço fenomenal amado por milhões de pessoas em todo o mundo”, e prometeu que “juntos criaremos um futuro de comunicações em tempo real que vai permitir às pessoas permanecer facilmente em contacto com familiares, amigos, clientes e colegas por todo o mundo”.

O Skype vai agora passar a ser um novo departamento dentro da Microsoft e o atual presidente executivo, Tony Bates continuará a liderar as atividades do negócio, respondendo diretamente a Steve Balmer.

O serviço de telefone por internet mais popular do mundo foi fundado em 2003 e adquirido em 2006, pela empresa de leilões na internet Ebay. Três anos depois o Ebay vendeu 70 por cento do Skype por cerca de dois mil milhões de dólares. A maioria das ações ficou em poder de um grupo de investidores liderados por duas firmas privadas de investimento.

Os analistas consideram que, ao adquirir o Skype, a Microsoft pretende melhorar os seus serviços de vídeo-conferencia.

"Um futuro de possibilidades"
O editor da BBC online para os negócios, Tim Weber, salienta outras possíveis vantagens para a empresa fundada por Bill Gates que, com esta aquisição, se torna na maior companhia mundial para chamadas de voz internacionais.

Entre elas a possibilidade de o software Skype poder vir a ser combinado com o Xbox Kinect e com um televisor HD, permitindo à Microsoft penetrar em milhares de lares, com ofertas que, além da teleconferência para toda a família, poderão também vir a incluir educação à distância, treino físico individual e até cuidados de saúde prestados remotamente.

Weber acredita também que, no que respeita ao mundo empresarial, a Microsoft poderá vir a desafiar o atual domínio de firmas como a Cisko e a Polycom no domínio da teleconferência.

Por fim o editor da BBC lembra que o Skype é multiplataforma, podendo ganhar adeptos entre os utilizadores da Apple e do Linux, e que também é móvel, pelo que poderá ser associado ao Windows Phone 7, o sistema operativo móvel desenvolvido pela Microsoft.

"Uma marca reconhecida"
De um modo geral a aquisição do Skype oferecerá à empresa de Balmer e Gates uma "marca reconhecida" na internet numa altura em que o gigante procura aumentar a sua taxa de penetração entre os clientes da “autoestrada digital”.

Embora o motor de pesquisa Bing tenha conquistado uma maior quota de mercado ao longo do ano passado, ainda se encontra em clara desvantagem frente ao seu principal concorrente, o Google, através da qual se efetuam 65 por cento do total de pesquisas nos Estados Unidos.

Leia Também