Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

super clássico

Messi faz dois no Real Madrid e deixa Barcelona perto da final

27 ABR 11 - 16h:45uol

Foram 75 minutos com tensão, poucas jogadas de qualidade e três expulsões. Barcelona e Real Madrid faziam um jogo abaixo do esperado para uma semifinal da Liga dos Campeões envolvendo dois dos maiores clubes do mundo e arquirrivais na Espanha. Mas Messi salvou o espetáculo. O melhor jogador do mundo fez os dois gols da vitória por 2 a 0 dos catalães em pleno Santiago Bernabéu e construiu importante vantagem.

Quando Afellay cruzou a bola aos 30min da etapa final, Messi era o único jogador do Barcelona na área e estava cercado por quatro marcadores. O argentino arrancou na hora certa e fez um gol típico de centroavante: desviou a bola com um toque discreto, mas suficiente para superar Casillas.

Não satisfeito, Messi anotou o segundo bem a seu estilo. Disparou pelo meio, driblou dois marcadores e entrou com a bola dominada na área. Aí ele só teve o trabalho de tocar com o pé direito e tirar a bola de Casillas.

O resultado faz com que o Barcelona possa perder por até um gol de diferença para se classificar à final da Liga dos Campeões. O duelo de volta será na próxima terça-feira, no Camp Nou. Além disso, o triunfo empata a série de quatro confrontos decisivos que os rivais protagonizam no intervalo de 18 dias: eles empataram por 1 a 1 pelo Espanhol, o Real venceu a final da Copa do Rei por 1 a 0 e agora o Barça fica em boa vantagem na semifinal.

Essa sequência de jogos torna cada clássico mais equilibrado. As estratégias parecem ficar previsíveis para os rivais. O Real achou uma maneira de dificultar para o meio-campo do Barcelona e suas infiltrações. O Barcelona não dá espaços para Cristiano Ronaldo e marca duro. A diferença é que o time catalão tem Messi.

A tensão que marcou toda a partida acabou tendo papel decisivo. Pepe foi expulso aos 15min do segundo tempo e deixou o Real com um a menos. A diferença numérica fez o Barcelona se empolgar. E fez Messi resolver. O argentino, eleito o melhor do mundo nos últimos dois anos, brilhou na parte final do jogo e assumiu o papel de protagonista.

Tamanha rivalidade fez o clássico desta quarta-feira começar dias antes de a bola rolar. José Mourinho provocou Guardiola ao falar sobre a arbitragem do jogo, aumentando, inclusive, a pressão sobre o juiz. O técnico do Barcelona retrucou e disse que só duelaria em campo. Nos bastidores também houve polêmica.

Segundo o diário AS, o Barcelona insistiu com os organizadores para que o sistema de áudio do Santiago Bernabéu utilizasse também o catalão, considerado o idioma oficial do clube azul-grená. Autoridades de Madri, contudo, recomendaram vetar o catalão para não gerar tensão no estádio da capital espanhola.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Judiciário e governo buscam reduzir milhões de ações contra o INSS

São abertas cerca de 7 mil novas demandas diariamente contra o órgão
Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA
ECONOMIA

Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA

COMPRA DE ENERGIA

Diretor de Itaipu acredita que acordo com Paraguai sairá em breve

STJ nega recurso e prefeitura deve indenizar moradores por alagamentos
SERRADINHO

STJ manda prefeitura indenizar moradores por alagamentos

Mais Lidas