JARDIM

Mesmo com interdição judicial, delegacia de polícia recebe menores

Mesmo com interdição judicial, delegacia de polícia recebe menores
18/06/2012 17:30 - Gabriel Maymone


Mesmo com liminar da Justiça proibindo a Delegacia de Jardim de receber mais detentos desde fevereiro deste ano, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) retirou três menores e cinco mulheres detidas irregularmente.

O secretário de justiça e segurança pública, Wantuir Jacini, garantiu uma resolução para o problema. “Estão sendo tomadas todas as providências necessárias”.

A Delegacia de Polícia de Jardim foi proibida de receber qualquer detenta ou menor apreendido em ordem judicial do dia 23 de fevereiro, assinada pela Juíza de Direito Penélope Mota Calarge Regasso. A decisão foi tomada a pedido do Ministério Público Estadual, que alegou não existirem condições de segurança no local, além de os policiais civis estarem tendo que atuar como agentes penitenciários, um desvio de função, segundo o MPE.

A Sejusp informou ainda que "não vem medindo esforços para viabilizar a construção de novos estabelecimentos penais e unidades educacionais".

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".