Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 14h09min

MATO GROSSO DO SUL

Menos de 2% não justificaram o voto

1 ABR 11 - 16h:00COM INFORMAÇÕES TRE/MS

Menos de 2% dos 23.670 eleitores de Mato Grosso do Sul que não votaram e nem justificaram a ausência nas três últimas eleições regularizaram a situação junto a Justiça Eleitoral. Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/MS), em Campo Grande o número corresponde a aproximadamente 10,5%.

Para justificar a falta do voto, o eleitor deve comparecer a qualquer cartório eleitoral do País, até o dia 14 de abril, com um documento oficial que comprove sua identidade, o título eleitoral e os comprovantes de eventuais votações, de justificativas, de pagamento ou de dispensa e recolhimento de multa. Caso o eleitor não busque a regularização no prazo determinado, o título poderá ser cancelado.

Serão contadas como duas eleições para efeito de cancelamento o primeiro e o segundo turno de uma mesma eleição. Aquele que tiver o título cancelado fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, além de dificultar a investidura ou nomeação em concurso público e na obtenção da certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PREVIDÊNCIA

Quem tem direito adquirido não precisa antecipar aposentadoria

Repasse para Unidade do Trauma depende de plano operativo, diz Mandetta
IMPASSE

Repasse para o Trauma depende de plano operativo

Luan da Gaita ganha presente durante churrasco regado a música em Corguinho
MÚSICA

Luan da Gaita ganha presente durante churrasco regado a música em Corguinho

“Entra de um jeito e sai de outro”, diz Simone, sobre Reforma da Previdência
PRESIDENTE DA CCJ

“Entra de um jeito e sai de outro”, diz Simone, sobre Reforma da Previdência

Mais Lidas