Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MATO GROSSO DO SUL

Menos de 2% não justificaram o voto

1 ABR 11 - 16h:00COM INFORMAÇÕES TRE/MS

Menos de 2% dos 23.670 eleitores de Mato Grosso do Sul que não votaram e nem justificaram a ausência nas três últimas eleições regularizaram a situação junto a Justiça Eleitoral. Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/MS), em Campo Grande o número corresponde a aproximadamente 10,5%.

Para justificar a falta do voto, o eleitor deve comparecer a qualquer cartório eleitoral do País, até o dia 14 de abril, com um documento oficial que comprove sua identidade, o título eleitoral e os comprovantes de eventuais votações, de justificativas, de pagamento ou de dispensa e recolhimento de multa. Caso o eleitor não busque a regularização no prazo determinado, o título poderá ser cancelado.

Serão contadas como duas eleições para efeito de cancelamento o primeiro e o segundo turno de uma mesma eleição. Aquele que tiver o título cancelado fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, além de dificultar a investidura ou nomeação em concurso público e na obtenção da certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Projeto de privatização da Eletrobras chega ao Congresso em novembro

ECONOMIA

Índice de Confiança do Empresário Industrial fica estável pelo 3º mês

ECONOMIA

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

BRASIL

Governo libera orçamento de universidades federais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião