Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Corumbá

Menina de 9 anos pode ter morrido em decorrência de abusos sexuais

5 SET 2012Por VÂNYA SANTOS13h:00

Uma criança de 9 anos morreu por volta das 8h de ontem (4), no hospital de Corumbá e a causa pode ter sido em decorrência de abusos sexuais sofridos. O crime praticado contra a menor, que morava no Assentamento Tamarineiro, foi apontado logo nas primeiras avaliações médicas.

Segundo informações repassadas por equipe da Delegacia de Atendimento à Infância e Juventude e Idoso (Daiji), a criança chegou no pronto-socorro da unidade às 7h55min e, na ocasião, não apresentava mais sinais vitais. No entanto, equipe médica apontou que a menina apresentava marcas pelo corpo, que podem ter sido provocadas por violência sexual.

A polícia e o Conselho Tutelar foram acionados. A perícia constatou que não houve crime e que a morte foi em decorrência de causas naturais. Já a titular da Daiji, Priscila Anuda Quarti Vieira, instaurou inquérito e solicitou necropsia no corpo da criança. "O perito apontou que as marcas no corpo da criança eram sinais cadavéricos, que foram confundidos com marca de agressão. Mesmo diante dos fatos, intimamos os familiares, que devem começar a depor na sexta-feira (7)", explicou a delegada Priscila.

Familiares relataram que a criança passou mal no começo da manhã e foi socorrida pelo ônibus escolar, mas chegou morta no hospital. A família contou ainda que em 2011 a menina ficou internada por um longo tempo e as causas da internação não foram esclarecidas.

Com informações do Diário Online

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também