Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FIASCO

Melhores do mundo decepcionam na Copa

5 JUL 10 - 06h:52
Eduardo Miranda

Se a expectativa é a mãe da decepção, a Copa do Mundo da África do Sul, que nesta semana entra em sua reta final, já começa a contabilizar os principais fracassos individuais da competição. São muitos, e as causas foram péssimo rendimento dos atletas e suas lesões, ou a soma de ambas.
Na lista dos fiascos estão estrelas do futebol mundial que já ganharam inclusive o prêmio da Fifa de melhor jogador do mundo, como o argentino Lionel Messi, o brasileiro Kaká, o português Cristiano Ronaldo e o italiano Fábio Canavarro. Outros jogadores que fazem sucesso na Liga dos Campeões da Europa, como o camaronês Samuel Eto’o, o marfinense Didier Drogba e o inglês Wayne Rooney também não brilharam, como era esperado, no torneio da Fifa.
Sem gols
Campeões de publicidade, Lionel Messi, do Barcelona, Kaká, do Real Madrid e Wayne Rooney, do Manchester United foram embora da África do Sul sem tem marcado um gol sequer.
O argentino, detentor do status de melhor do mundo, teve um bom início de Copa do Mundo, mas a partir da segunda fase, com a forte marcação sofrida, acabou anulado pelas seleções adversárias, e não criou as jogadas de efeito da Argentina. No sábado, na derrota contra a Alemanha, por exemplo, com pouca liberdade, Messi não conseguiu demonstrar sua genialidade.
Outro jogador que já foi melhor do mundo, Kaká, encarou a Copa como o passaporte para o seu renascimento. O atleta que convive desde o ano passado com uma séria lesão no púbis e ficou meses sem jogar por seu clube, o Real Madrid, até que se recuperou fisicamente nos jogos da seleção brasileira, mas foi prejudicado pela instabilidade psicológica. Contra a Costa do Marfim, na primeira fase, Kaká teve a terceira expulsão de sua carreira.
Cristiano Ronaldo, por sua vez, até que marcou gols contra a Coreia do Norte, mas isso não foi suficiente para que ele justificasse a fama de principal companheiro de Kaká no Real Madrid, e garoto propaganda do mundo do futebol. Nas oitavas de final contra a Espanha, o português ficou com a fama de ter jogado mais para as câmeras de tv em alta definição, do que para o triunfo de sua equipe.
Vexames
Pelo conjunto da obra, os primeiros - e maiores - vexames desta Copa do Mundo pertencem às seleções de França e Itália, finalistas do mundial passado. Os franceses, após uma série de desentendimentos internos que ganharam às manchetes de todo o mundo, foram os últimos colocados do grupo A na primeira fase. A Itália, com uma equipe veterana e aparentemente cansada e cheia de lesões, também não passou da fase de grupos, e não venceu nenhum jogo sequer.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TJ aprova recuperação judicial e Bigolin deve pagar R$ 29,6 milhões em dívidas
ACORDO

TJ aprova recuperação judicial e Bigolin deve pagar R$ 29,6 milhões em dívidas

Em regime de urgência, vereadores aprovam produtividade de médicos
CAMPO GRANDE

Em regime de urgência, vereadores aprovam produtividade de médicos

Vereadores aprovam "novo Proinc" por unaminidade
CAMPO GRANDE

Vereadores aprovam "novo Proinc" por unaminidade

Homem divulga pesca de Dourado <BR>e é multado em R$ 4,3 mil
REDES SOCIAIS

Homem divulga pesca de Dourado e é multado em R$ 4,3 mil

Mais Lidas