Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

MANTEGA

Medidas para segurar câmbio surtem efeito

16 NOV 2010Por Agência Brasil17h:00

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, indicou hoje (16) que as medidas cambiais adotadas pelo governo para reduzir o desequilíbrio entre o real e o dólar têm surtido efeito. Mantega, que participou na semana passado da reunião do G20 em Seul, na Coreia do Sul, desembarcou em Brasília no final da manhã vindo de São Paulo, onde passou o feriado.

Jornalistas que acompanham a área econômica perguntaram ao ministro se a elevação do dólar, acima de R$ 1,70, durante a manhã, é uma consequência das medidas adotadas pelo governo. “Com certeza, mas não é só isso”, respondeu Mantega rapidamente, ao chegar ao Ministério da Fazenda. Ele, no entanto, não deixou claro se a melhora no câmbio depende de novas medidas no Brasil ou de iniciativas globais.

Da reunião do G20 (que reúne as maiores economias mundiais), também participaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta eleita, Dilma Rousseff, convidada especial do grupo e do governo sul-coreano.

Ao final, os participantes definiram que se reunirão, em fevereiro, em Paris, para analisar as medidas tomadas unilateralmente. A ideia é que cada país adote decisões de fortalecimento interno de suas economias, mas que não afetem o equilíbrio global.

Durante as plenárias do G20, os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da China, Hu Jintao, foram cobrados pelos demais participantes da cúpula sobre as medidas adotadas por eles que acentuaram a guerra cambial e o desequilíbrio da economia como um todo.

Leia Também