Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Saúde Privada

Médicos que atendem por planos de saúde farão paralisação

1 MAR 2011Por Brasília Confidencial15h:04

Médicos que atendem por planos de saúde farão uma paralisação de 24 horas, no Dia Mundial da Saúde (7 de abril), em protesto pelo preço pago para consultas e cirurgias agendadas por operadoras.
 

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Cid Carvalhaes, explica que um profissional recebe, em média, de R$ 35 a R$ 45 por consulta, e que o custo operacional estimado é de R$ 20. A categoria defende o valor de R$ 100 por consulta e a previsão de aumentos periódicos. O tesoureiro da Associação Médica Brasileira (AMB), Florisval Meinão, aponta que o reajuste dos honorários concedido por alguns planos de saúde foi 40% inferior à inflação acumulado dos últimos anos.

Atualmente, 44,7 milhões de brasileiros possuêm planos de assistência médica e outros 13,8 milhões utilizam planos de assistência odontológica. Mais da metade destes usuários são beneficiários de planos oferecidos por empresas privadas aos trabalhadores.

Mais da metade dos médicos brasileiros, cerca de 150 mil, atendem planos de saúde. As 1,5 mil operadoras brasileiras de planos de saúde movimentam mais de R$ 60 bilhões ao ano.

Leia Também