sábado, 21 de julho de 2018

Médicos farão exame para encontrar local exato da hemorragia de Alencar

28 DEZ 2010Por G110h:45

O médico Paulo Hoff, que integra a equipe que acompanha José Alencar, disse na manhã desta terça-feira (28), que o vice-presidente vai passar por exame de arteriografia, o que permitirá a localização do ponto exato da hemorragia no intestino de Alencar. "É um procedimento parecido com o cateterismo. O paciente é sedado e poderemos acompanhar o contraste injetado e saber onde está o ponto exato do sangramento, que é intermitente e pode provocar outros problemas médicos", disse Hoff.

O vice-presidente está internado desde quarta-feira (22) por causa de uma hemorragia intensa, o que o levou a perder dois litros de sangue. O sangramento, inicialmente, foi controlado com medicamentos no início da madrugada de quinta-feira (23). Segundo a equipe médica, ele está fazendo tratamento de hemodiálise, em estado considerado delicado e estável.

Hoff disse ainda que Alencar está recebendo transfusão de sangue regularmente. "Esse é um dos problemas que o paciente tem de enfrentar por conta da hemorragia. Houve dias que o sangramento parou, mas vai e volta. A hemorragia está melhor do que quando ele [Alencar] chegou ao hospital. Como o sangramento pode voltar a acontecer, optamos por esse procedimento mais invasivo, mas sem riscos ao paciente."
Médico Paulo Hoff, no Hospital Sírio-Libanês, fala sobre nove exame em José AlencarMédico Paulo Hoff, no Hospital Sírio-Libanês, fala
sobre nove exame em José Alencar
(Foto: Glauco Araújo/G1)

Quando chegou ao hospital, o vice-presidente foi levado à sala de cirurgia e uma operação foi iniciada, mas os médicos não conseguiram estancar a hemorragia. Por este motivo, ele foi encaminhado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber antibióticos, plasma, plaquetas e a transfusão de sangue.

Segundo Hoff, a arteriografia será realizada por volta das 14h desta terça-feira. "Foi uma avalição da equipe médica, que entendeu ser a melhor medida a ser tomada para localizar o vaso exato do sangramento e fazer o tratamento adequado."

Posse de Dilma Rousseff
O médico disse também que Alencar está lúdico e passa bem. "Hoje, avaliamos que neste momento não a possibilidade de ele [Alencar] acompanhar a posse [da presidente eleita Dilma Rousseff, no dia 1º de janeiro, em Brasília]. Qualquer projeção futura é muito prematura."

Hoff afirmou ainda que não acredita na presença de José Alencar na cerimônia de posse de Dilma. "Confesso que, por mais que queiramos que ele esteja presente na posse, é cada vez mais difícil que isso aconteça."

Nesta segunda-feira (27), o médico Roberto Kalil Filho já havia se manifestado sobre a possível presença de Alencar na posse da presidente eleita. "Ele não tem de ir. Não posso falar isso oficialmente, mas se fosse hoje [ontem], ele não teria condições de ir. Seria muito cedo, prematuro afirmar isso. Ele praticamente só fala sobre isso [cerimônia de posse da Dilma]", disse o médico de José Alencar.

Luta contra o câncer
O vice-presidente luta contra um câncer na região do abdômen e já passou por mais de 16 cirurgias. Em julho de 2009, foi submetido a uma operação motivada por uma obstrução intestinal causada por tumores abdominais.

Em setembro deste ano, o vice-presidente foi internado no mesmo hospital em razão de um edema agudo de pulmão. Em julho, por causa de uma crise de hipertensão, ficou hospitalizado e passou por um cateterismo. Em novembro, durante outro período de internação, sofreu um infarto.
 

Leia Também