Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Luis Fabiano

Médico do São Paulo deixa no ar chance de Fabuloso jogar na quarta

1 MAI 2011Por Do G1, Marcelo Prado, SP08h:55

 

Eliminado do Campeonato Paulista, o São Paulo agora direciona seu foco somente para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, a equipe fará o primeiro jogo das quartas de final contra o Avaí, no estádio do Morumbi. E o grande dilema será: Luis Fabiano estará ou não em campo?
Na saída do vestiário, no último sábado, o médico José Sanchez conversou com os jornalistas e deixou no ar a possibilidade de o Fabuloso estar em campo.

Na sexta e ontem foram os dias em que o Luis Fabiano mais se sentiu à vontade. Ele deixou o gramado muito feliz. Mas não dá para criar nenhuma expectativa. Do ponto de vista do departamento médico, estamos trabalhando com a intenção de liberá-lo. Porém, é claro que outros fatores também serão determinantes. Ele pode estar liberado pelos médicos, mas de repente os preparadores físicos acham que ele está muito abaixo. Ou o Carpegiani pode achar que não é o momento. Enfim, temos que aguardar – avisou o médico.

Carpegiani disse que os próximos dias serão determinantes. E deixou claro que o resultado contra o Santos não apressará de nenhuma maneira a estreia do camisa 9.

Ainda temos domingo, segunda e terça até a hora da partida. A derrota para o Santos não apressará ou retardará a entrada do Luis. É preciso ter calma nessa questão. É claro que eu gostaria de contar com ele, até mais porque estamos em um momento que não podemos contar com alguns jogadores. Temos de agir com cautela e tomar a melhor decisão – ressaltou o treinador.

Se Luis Fabiano tem chance, o zagueiro Rhodolfo e o meia Lucas estão vetados para a partida de quarta-feira.

O Rhodolfo teve uma contratura muscular e, pela experiência que temos, uma lesão como essa leva de cinco dias a uma semana para cicatrizar. O que vai determinar a sua volta é a diminuição do quadro de dor. Já o Lucas completará a segunda semana de recuperação no próximo domingo (8) e tem boas chances de estar em campo na partida de volta contra o Avaí, em Florianópolis – explicou o médico são-paulino.


 

Leia Também