Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Médica cubana que saiu do Mais Médicos diz ser monitorada

Médica cubana que saiu do Mais Médicos diz ser monitorada
10/02/2014 06:00 - época


A cubana Ramona Rodriguez, que abandonou o Mais Médicos, contou aos deputados do DEM que a movimentação dos médicos cubanos no Brasil é monitorada. Ramona disse que tentou sair de Pacajá para passear em Marabá, ambas no Pará. Só pôde fazer a viagem depois que foi autorizada por um “coordenador” cubano, que lhe deu seis horas para fazer o trajeto de 550 quilômetros de ida e volta. Ramona também teve de pedir autorização para ir a um churrasco oferecido por um fazendeiro local. O coordenador deu-lhe três horas para participar do almoço.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.