Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Educação

MEC pode usar Enem para avaliar qualidade do ensino médio

17 AGO 12 - 07h:19G1

Para reverter a estagnação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no ensino médio, o Ministério da Educação planeja atuar em duas frentes: reduzir a fragmentação dos conteúdos curriculares na sala de aula e aumentar o número de horas que os estudantes passam na escola. O governo estuda adotar, como indicador de qualidade para este nível de ensino, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já que a Prova Brasil do ensino médio --um dos dados usados no cálculo do Ideb-- é aplicada com um número pequeno de estudantes e, por isso, tem apenas valor amostral.

De acordo com o ministro Aloizio Mercadante, apesar de o MEC considerar os resultados do Ideb para o ensino médio, ele ainda é feito em quantidades muito pequenas e, portanto, tem valor amostral, e não censitário, como ocorre com as escolas do ensino fundamental. Para melhor a avaliação dos adolescentes que concluem o ciclo básico, ele afirmou que pretende estudar a possibilidade de adotar o Enem como indicador de qualidade das escolas.

"São 1,8 milhão de alunos que se formam neste ano, 1,5 milhão já estão inscritos para o Enem, ele já é o exame censitário", afirmou Mercadante em entrevista à Globo News (veja no vídeo acima). O secretário de Educação Básica, Antonio Cesar Callegari, explicou que a proposta ainda vai ser estudada pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), já que o Enem, atualmente, serve como avaliação individualizada do aluno, diferentemente da Prova Brasil, que não pode ser comparável entre alunos, mas avalia a escola e as redes de ensino.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fisiatria é especialidade médica que previne as dores físicas
SAÚDE

Fisiatria é especialidade médica que previne as dores físicas

Citroën Jumper
CORREIO VEÍCULOS

Citroën Jumper

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce
PESQUISAS

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Novo 'Homens de Preto' lidera bilheteria, mas não impressiona a crítica
CINEMA

Novo 'Homens de Preto' lidera bilheteria, mas não impressiona a crítica

Mais Lidas