segunda, 16 de julho de 2018

nova prova

MEC não sabe quantos terão de refazer Enem

14 DEZ 2010Por bruno grubertt01h:25

Apesar de a reaplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estar marcada para amanhã, o Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, ainda não têm o número de estudantes de Mato Grosso do Sul que terão de refazer os testes. Só poderão refazer a prova estudantes que tiveram problemas na primeira data, dia 6 de novembro — somente aqueles que receberam a prova amarela com erros de impressão e, por algum motivo, não conseguiram trocá-la e registraram o problema em ata.

Até a última sexta-feira (10), segundo o Inep, todos os estudantes que poderão fazer as novas provas foram comunicados por telefone ou correio. No entanto, consultada pela reportagem ontem à tarde, a assessoria de imprensa do Inep informou, por e-mail, que o órgão não tem os números fechados de quantas provas podem ser aplicadas em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, 9,5 mil candidatos terão direito de refazer o exame. O novo teste não é obrigatório e o candidato convocado que não comparecer ao local de prova na quarta-feira, terá o corrigido o cartão resposta do primeiro teste.

Na semana passada, o Ministério da Educação divulgou que a nova prova do Enem será reaplicada em 10 municípios sul-mato-grossenses — Campo Grande, Corumbá, Deodápolis, Dourados, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Três Lagoas e Rio Verde de Mato Grosso.

Após uma sequência de erros, o Inep admitiu, na sexta-feira, que alunos que não têm direito à nova prova podem ter sido chamados indevidamente.

 Serviço
Os candidatos que foram prejudicados poderão realizar as novas provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza no dia 15 de dezembro, às 12 horas (horário de Mato Grosso do Sul). Para consultar os locais de prova, os estudantes podem acessar o site http://sistemasenem2.inep.gov.br/localdeprova/.

Leia Também