LEI DO SILÊNCIO

McCartney e Bruce Springsteen têm som do palco cortado por produção

McCartney e Bruce Springsteen têm som do palco cortado por produção
15/07/2012 21:00 - g1


Paul McCartney e Bruce Springsteen tiveram seus microfones desligados propositalmente pela produção do show que faziam no Hyde Park, em Londres, na noite deste sábado (14). De acordo com a organização, a apresentação já havia ultrapassado a duração permitida, infringindo a lei do silêncio.

O show de Springsteen no festival Hard Rock Calling já acontecia há mais de três horas quando McCartney subiu ao palco para participar cantando sucessos do Beatles. Mas os dois só tiveram tempo de mostrar duas músicas, uma vez que a empresa responsável pela produção cortou o som do palco.

Sem perceber de imediato, a banda continuou tocando para, logo em seguida, deixar o palco sem conseguir se despedir dos fãs. Frustradas, as 65 mil pessoas que estavam no local vaiaram a organização do evento. Além do ex-beatle, também participaram do show os músicos Tom Morello, do Rage Against The Machine e John Fogerty, ex-Creedence Clearwater Revival.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".