Terça, 23 de Janeiro de 2018

Mau tempo pode adiar o início do ano letivo

20 JAN 2010Por 04h:38
A chuva também pode adiar o início do ano letivo nos municípios mais afetados, conforme adiantou o presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomassul), Beto Pereira. Em uma reunião, marcada para amanhã, às 14 horas, na sede da associação, os prefeitos devem discutir a viabilidade de adiar o início das aulas, inicialmente marcado para o dia 8 de fevereiro, sem prejudicar os alunos. Isso porque, conforme explicou Beto Pereira, ruas e pontes de áreas rurais foram danificadas pela chuva e devem dificultar o acesso dos alunos às escolas. Durante a reunião, também deve ser feito um balanço dos prejuízos causados pela chuva nos municípios mais atingidos, como Novo Horizonte do Sul, Aquidauana, Anastácio, Miranda, Ivinhema e Bela Vista. Hoje, a maioria dos prefeitos deve concluir o levantamento dos danos causados pelo excesso de precipitações e cheias nos rios, o que desalojou centenas de famílias ribeirinhas em várias localidades. No encontro, ainda será debatido convênio para manutenção do transporte escolar, repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), aumento salarial aos servidores públicos e remuneração de professores. (BG)

Leia Também