Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MOBILIZAÇÃO

Mato Grosso do Sul deve recolher 12,2 mil assinaturas para o movimento Saúde 10%

29 AGO 12 - 19h:00ANAHI ZURUTUZA

Mato Grosso do Sul estima conseguir pelo menos 12,2 mil assinaturas para contribuir com abaixo-assinado do movimento “Saúde 10%”. Hoje (29), a secretária de Estado de Saúde, Beatriz Dobashi, anunciou a estimativa durante evento para anunciar o apoio do governo estadual à mobilização do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) para arrecadar 1,5 milhão de assinaturas e conseguir que o Congresso Nacional vote projeto de iniciativa popular que obrigue o governo federal a investir 10% da receita bruta da União em Saúde Pública. 

Beatriz Dobashi já obteve o apoio dos 1,5 mil agentes comunitários de saúde de Campo Grande. Cada um deles comprometeu-se a conseguir, durante as visitas domiciliares, seis nomes para o abaixo-assinado. No total, serão 9 mil assinaturas. 

Segundo a secretária, o Estado já entregou ao Conass lista com 3,2 mil pessoas que apoiam o movimento. “Vamos ultrapassar a meta que o Conass estabeleceu para o Estado (5,2 mil assinaturas), com base no número de eleitores. E aqui, publicamente, pedimos o apoio de todos os municípios. Se todos colocarem os seus agente de saúde para arrecadar assinaturas vamos conseguir superar a expectativa”.  

Leia mais no jornal Correio do Estado

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

De segurança pública, Moro não entende nada, diz governador do DF
ENTREVISTA

De segurança pública, Moro não entende nada, diz governador do DF

Projeto autoriza a emissão de licenciamento de veículo em formato digital
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Projeto autoriza a emissão de licenciamento de veículo em formato digital

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Jeanine Áñez anuncia que será candidata nas eleições da Bolívia

DESASTRE AMBIENTAL

Vale considerava 7 barragens mais críticas que a de Brumadinho

Mina Córrego do Feijão era a 8ª que mais preocupava

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião