Terça, 12 de Dezembro de 2017

ABANDONO

Matagal avança até sobre prédios públicos na Vila Bordon

24 JAN 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

Moradores cobram mais rigor na fiscalização de terrenos tomados pelo matagal em Campo Grande. Nem mesmo áreas ao lado de escolas públicas, recebem a limpeza por parte do município. A situação piora nesta época de período chuvoso, quando o problema se espalha por todas as regiãos da Capital, segundo reportagem na edição de hoje (24) do jornal Correio do Estado.

Ao lado da Escola Estadual José Ferreira Barbosa, na Vila Bordon, na saída para Aquidauana, o mato está mais alto que as próprias crianças que brincam na quadra de futebol. A quadra é a única opção de lazer na comunidade.

Para uma estudante, de 15 anos, o problema coloca em risco a segurança das crianças que ocupam a área para jogar bola, soltar pipas e brincar, nesta época de férias escolares. “O poder público poderia olhar com mais atenção para a população afastada do centro”, lamenta.

Não longe dali, o mato também toma conta da margem ao longo da ciclovia, que dá acesso ao Núcleo Industrial. Para o ciclista Vinícius Duarte, de 19 anos, é preciso uma “faxina” geral em todo a região. A reportagem é de Lucia Morel.

Leia Também