ESPORTES

Massa volta a dominar treinos

Massa volta a dominar treinos
03/02/2010 07:50 -


Felipe Massa continua com seu domínio na Espanha. Ontem no segundo dia de testes coletivos da F-1 no circuito Ricardo Tormo, o brasileiro registrou a melhor volta logo na primeira hora de treinos. Kamui Kobayashi foi o segundo colocado. A melhor volta do japonês, que pilota pela primeira vez o novo Sauber C29, também foi pela manhã. Lewis Hamilton fez sua melhor marca no início da tarde, embora tenha permanecido com o terceiro posto. Até o final do dia, o inglês da McLaren percorreu 108 voltas a bordo do MP4-25. Em boa parte do período da tarde os pilotos viraram tempos consideravelmente mais altos do que aqueles obtidos pela manhã. Nos minutos finais, todos os pilotos foram à pista, mas ninguém superou a marca de Massa. Na parte final do treino, Robert Kubica fez um stint curto e subiu da sexta para a quarta posição. Depois, foi o responsável pela única bandeira vermelha do dia. O Renault R30 do polonês parou na reta dos boxes a 3 minutos do fim. O outro brasileiro na pista, Rubens Barrichello, terminou com o sexto melhor tempo, mesma posição obtida ontem. O novo piloto da Williams, que ontem sofreu com problemas mecânicos, encerrou suas atividades com 102 voltas. Amanhã todas as equipes presentes trocarão seus pilotos no último dia de testes. Pela primeira vez, Jenson Button e Fernando Alonso pilotarão, respectivamente, McLaren e Ferrari.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".