Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Massa quer melhorias na Ferrari para continuar líder

Massa quer melhorias na Ferrari para continuar líder
07/04/2010 23:46 -


Maranello, Itália

O piloto Felipe Massa é líder da temporada com 39 pontos, seguido por seu companheiro Fernando Alonso, que tem dois pontos a menos. Após as três provas iniciais da temporada, os resultados colocam a Ferrari na liderança do Mundial de Construtores, mas o clima é de preocupação na escuderia italiana.
“Se analisarmos tudo, fizemos um bom trabalho nestes três GPs. Tanto que estamos na liderança dos dois campeonatos”, afirma Felipe Massa. No entanto, o brasileiro reconhece que a Ferrari ainda tem muito o que aprimorar. “Podemos melhorar muito no desempenho e na confiabilidade.

 Esta corrida prova a necessidade de lutar em todas as voltas do campeonato. Temos muito trabalho a fazer, por isso precisamos ficar concentrados para não desperdiçar nossos esforços”.

Apesar de ter começado bem na temporada, o grande temor em Maranello é em relação à durabilidade dos motores Ferrari. Após três etapas do Mundial, Massa e Alonso já danificaram três motores cada.

No Grande Prêmio da Malásia, Felipe Massa fez uma corrida de recuperação e terminou na sétima colocação. Segundo o brasileiro, foi o melhor que ele pôde fazer, largando na 21ª colocação. “O duelo com Button, da McLaren, foi muito complicado. Ele conseguia abrir nas retas, mas errou na última curva e fiquei perto o bastante para ultrapassá-lo na freada seguinte. O sétimo lugar é o melhor que podíamos esperar”, disse.
O líder do campeonato afirmou ainda que a estratégia da Ferrari em se prevenir da chuva foi correta. “Tentamos adiar a troca de pneus ao máximo, por causa da possibilidade de chuva. Infelizmente ela não veio. Os pneus macios eram mais rápidos, mas a pista não estava tão emborrachada na largada. Nossa estratégia foi a correta”.

A próxima prova do Mundial de Fórmula 1 será em Xangai, na China, no dia 18 de abril.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.