Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Concha Acústica Família Espíndola

Martinha será atração da “Noite da Seresta especial”

14 OUT 2010Por Cristina Medeiros15h:05



Ao lado de Roberto Carlos, Wanderléa, Erasmo Carlos e Silvinha Araújo, a cantora e compositora brilhou na época da Jovem Guarda. Hoje, aos 60 anos e ainda na ativa – principalmente no que se refere às composições – ela  será a atração especfial na “Noite da Seresta especial”. O evento acontecerá amanhã na Concha Acústica Família Espíndola, na Praça do Rádio Clube, às 19h30min. O evento é promovido pela Fundação Municipal de Cultura e tem entrada franca.
Mineira de Belo Horizonte, a cantora ganhou destaque na época da Jovem Guarda, quando foi apelidada de “Queijinho de Minas” pelo rei Roberto Carlos. Seu grande sucesso foi “Eu daria a minha vida”, gravada em 1968, que se tornou ainda mais conhecida após ser gravada por vários cantores, entre eles Roberto Carlos.
Ao longo da carreira, iniciada em 1966 e feita no Brasil e no exterior, gravou 23 LPs, que somaram três milhões de cópias vendidas. Alcançou grande êxito na América Latina com canções como “Hoy daria yo la vida”, “Llueve” e “Aquí”. Como compositora, conseguiu grande êxito, tanto com cantores da Jovem Guarda como com os sertanejos. Atualmente vive na cidade de São Paulo e viaja por todo o País fazendo shows.

Leia Também