Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

Marisa encontra Odilon para discutir projeto eleitoral

4 MAR 2010Por 05h:01
A senadora Marisa Serrano e o presidente regional do PSDB, deputado Reinaldo Azambuja, devem se reunir no fim de semana com o juiz federal Odilon de Oliveira para prosseguir com a discussão de projeto eleitoral iniciada na última segunda-feira (1). Odilon foi sondado para concorrer ao Governo do Estado ou mesmo ao Senado se o PMDB apoiar a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para a sucessão presidencial. Azambuja confirmou ontem a conversa com Odilon sobre a possibilidade de o magistrado disputar o governo ou o Senado pelo PSDB. Ele deixou claro ao juiz que as portas do partido estão abertas para concorrer à eleição. Mas não deu nenhuma garantia, explicou Azambuja, de o juiz disputar o governo. “Fiz apenas uma sondagem”, comentou. “Não fizemos nenhum convite oficial (a Odilon), foi apenas uma conversa”, atenuou. “Destaquei que a prioridade do partido é manter a aliança com o PMDB, mas estamos prontos para concorrer ao governo, no caso do PMDB apoiar a Dilma”, contou o tucano. “Se isso acontecer nós vamos ter candidatura própria e a Marisa é a nossa candidata. O Murilo seria um dos indicados ao Senado. Neste caso, sobraria outra vaga, que poderia ficar para o Odilon”, explicou Azambuja. Ele acrescentou também a possibilidade de Marisa abrir mão de concorrer ao Governo se Odilon aceitar substituí-la na disputa. “Isso depende de decisão pessoal da senadora”, afirmou. “A nossa candidata número 1 é a Marisa, levando em conta sua densidade eleitoral, mas ela pode abrir mão para Odilon. Depende dela”, concluiu.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também