Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Marinha suspende buscas a avião desaparecido na costa do RJ

26 AGO 2012Por g112h:00

A Marinha suspendeu as buscas ao monomotor que desapareceu na noite de terça-feira (21). Segundo a assessoria de imprensa da corporação, após 86 horas de "operação contínua", as buscas nos "moldes como vinham sendo realizadas" estão suspensas. O comunicado foi divulgado na manhã deste domingo (26).

"O Comando do 1º Distrito Naval, através do Salvamar Sueste, empreendeu todos os esforços na realização das buscas ao avião monomotor, modelo PA-46, desaparecido no dia 21 de agosto, após decolagem do Aeroporto de Jacarepaguá-RJ", esclareceu a Marinha, em nota.

Segundo a corporação, a acidente permanece sendo divulgado em "Aviso aos Navegantes", solicitando a todas as embarcações que trafeguem na área marítima compreendida entre a Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, e Paraty, na Costa Verde, fiquem atentas e relatem qualquer nova informação.

A Marinha informou ainda que a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, com o apoio em Paraty, Angra dos Reis e Itacuruçá, permanecerá em constante alerta durante as ações que são desempenhadas diariamente no mar.

Na aeronave estavam o empresário Francisco Fernandes, da exploradora Fernandes e Martins Catanduva Limitada, dona do monomotor, e o piloto Fernando Rubinho Lopes. Os dois também seguem desaparecidos.

Na quinta-feira (23), a FAB encontrou a tampa do motor de uma aeronave. A peça estava a quase quatro quilômetros do litoral da Barra da Tijuca. Para a FAB, isso é um indício de que o monomotor caiu no mar, depois de decolar do Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também