Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 14h54min

Marina Silva se compara a Mandela e diz que eleitor rejeita “plebiscito”

29 JAN 10 - 09h:31PORTO ALEGRE
Pré-candidata do PV à Presidência da República, a senadora Marina Silva (AC) comparou-se ontem ao líder negro sul-africano Nelson Mandela, atribuiu os avanços ambientais do governo federal à sua gestão como ministra do Meio Ambiente e considerou que os eleitores já começam a sinalizar que não aceitarão em 2010 uma eleição plebiscitária. Em sua participação no Fórum Social Mundial Grande Porto Alegre, depois de palestras do empresário brasileiro Oded Grajew e do sociólogo português Boaventura de Souza Santos, afirmou que o mundo vive uma crise social e ambiental e disse que, atualmente, não há fuga possível se não for resolvido o problema climático. Marina, muito aplaudida, repudiou os críticos que, em geral, estigmatizam os ambientalistas como sonhadores e utópicos. “Não sou desse tipo que se intimida facilmente”, declarou, no painel “Novos parâmetros para o desenvolvimento”, promovido pela Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis. “Imaginem se chegassem para o Mandela e dissessem: - `Pare com isso. Você é um sonhador. Que história é essa de querer acabar com o apartheid? ’ – e ele desistisse? ” Líder do Congresso Nacional Africano, Mandela passou três décadas preso, por defender o fim do regime que separava a elite branca da massa de negros pobres que formavam a maioria da população da África do Sul. Libertado, foi eleito presidente do país, acabando com o regime segregacionista racista nos anos 90 do século passado. Em entrevista, Marina criticou a “falta de visão do governo (do presidente Lula) em relação à importância da questão ambiental nas políticas de desenvolvimento do país”. Para ela, o atual governo (embora não apenas ele) não foi capaz de “integrar os critérios de sustentabilidade em todos os setores do governo”. Com a ressalva do que considerou “avanços em vários aspectos”, na questão do desmatamento e na criação de um plano de recursos hídricos. “Claro que falar assim parece que estou legislando em causa própria, porque isso foi feito durante a minha gestão. Mas a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, ressaltou, irônica. A senadora afirmou que, apesar de não haver aliança formal do PV com o PSOL, não tem dúvidas de que os dois partidos encontrarão formas de estar juntos – ela citou que apoiará, com boa parte dos verdes, a tentativa da presidente nacional do PSOL, vereadora Heloisa Helena (AL), de voltar ao Senado. “O importante é que possamos estar alinhados no princípio de que o Brasil não tem como continuar esse debate entre os dois passados”, afirmou. “Ainda que os passados sejam relevantes e importantes, naquilo que acumularam de bom e naquilo que ainda precisam ser aperfeiçoados. Mas utilizar a democracia, um país que tem a potencialidade que tem o Brasil, para fazer um plebiscito, isso não é justo e não dignifica o histórico, a trajetória e a biografia das pessoas que passaram recentemente por este País, com contribuições obviamente relevantes, como é o caso do presidente Lula.” Para ela, a sociedade brasileira sinaliza que não há “exclusividade ou terceirização do seu voto”. “Acho que o eleitor que está enfastiado da política também deve estar intoxicado de muito dinheiro, de muita matemática e pouco programa para a disputa do poder”, disse. “Então, acho que isso vai fazer a minha diferença”, acrescentou.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério
PROVA

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério

Deputados temem estoque
IMPORTAÇÃO

Deputados temem estoque "monstruoso" de leite da UE

Operação da PM aborda 117 pessoas   e apreende drogas durante a noite
OPERAÇÃO SATURAÇÃO

PM aborda 117 pessoas e apreende drogas

Anta é fotografada de madrugada   ao cruzar rua de shopping
SHOPPING

Anta é fotografada
ao cruzar rua movimentada

Mais Lidas