Domingo, 17 de Dezembro de 2017

TRAIÇÃO

Marido de vereadora que aderiu a Bernal perde cargo

3 JAN 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

O diretor da Fundação Estadual de Desporto e Lazer (Fundesporte), Flávio Brito, marido da vereadora Luiza Ribeiro (PPS), fiel aliada do prefeito Alcides Bernal (PP), foi exonerado ontem pelo governador André Puccinelli (PMDB). No lugar de Brito, foi empossado Jefferson Hespanhol Cavalcante. A reportagem está na edição de hoje (03) do jornal Correio do Estado.

A queda de Brito estava prevista desde quando Luiza, depois de integrar oito anos a administração de Nelsinho Trad Filho (PMDB), virou as costas para se juntar a Bernal. Ela se tornou a maior crítica do governo que serviu. O governador só não demitiu antes porque tinha compromisso com o deputado federal Geraldo Resende (PMDB), padrinho político de Brito. 

Como o prazo do acordo venceu no fim do ano, André acertou a saída do marido da vereadora, apontada no PMDB como “traidora”. A posição de Luiza Ribeiro não foi surpresa para as lideranças peemedebistas.

O ex-prefeito Nelsinho Trad Filho (PMDB) ouviu do ex-governador e hoje vereador José Orcírio dos Santos (PT) a decepção com a ingratidão da Luiza e de seu partido, o PPS, depois de entregar vários cargos de importância na administração estadual. Luiza abandonou o PT para apoiar os rivais nas eleições. A reportagem é de Adilson Trindade e Roberta Cáceres.

Leia Também