Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Palmeiras

Marcos pede reação para não reviver 2002

27 AGO 2012Por terra11h:26

Jogador do Palmeiras por 20 anos, Marcos agora é apenas embaixador e torcedor, desde que se aposentou no início de 2012. Membro de conquistas importantes pelo clube, como a Copa Libertadores da América em 1999, a Copa do Brasil em 1998, e o Campeonato Paulista em 2008, o ex-camisa 12 também passou por um calvário no alviverde: o rebaixamento à Série B em 2002.

De volta após o título da Copa do Mundo com a Seleção Brasileira, o arqueiro não conseguiu ajudar o Palmeiras a melhorar no Brasileiro e em 2003 a equipe rodou o País para vencer a divisão de acesso e retornar à elite nacional. Membro de todo este trajeto, que contou com a recusa de uma proposta do Arsenal, da Inglaterra, para jogar a Série B pelo clube que torce, Marcos deixou um alerta.

"Tem que ficar esperto", constatou o ex-jogador, durante entrevista a TV Gazeta. Embora tenha elogiado o atual elenco e mantenha-se otimista, Marcos avisou que a reação não deve ser deixada para a reta final, pois se o time chegar nas últimas rodadas precisando de resultados para manter-se na Série A pode se complicar.

"O time está jogando bem, brigando, você vê que todos querem ganhar, mas não está acontecendo. A gente torce para que mude o mais rápido possível. O Brasileiro é difícil e o Palmeiras vai ter problemas, mas tem um bom time e pelo amor de Deus, nem os mais pessimistas dos palmeirenses pensam nisso. Uma hora vai sair desta situação", disse.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também