segunda, 16 de julho de 2018

ELEIÇÃO 2010

Marconi Perillo é eleito com 52,99% dos votos em Goiás

1 NOV 2010Por GOIÂNIA01h:10

 Com um total de 3.157.923 de votos apurados, Marconi Perillo (PSDB) foi eleito para o governo de Goiás com 52,99% dos votos válidos, ou 1.551.132, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O candidato Iris Rezende (PMDB) recebeu 1.376.188 votos (47,01%). O índice de abstenção ficou em 22,20% (900.924). Os votos brancos somaram 1,51% (47.619) e os nulos, 5,80% (183.165). Foram apuradas 12 042 seções.

Após obter 46,33% dos votos no primeiro turno, Perillo conseguiu se manter à frente do rival, mesmo com os diversos conflitos entre as realizações de cada candidato no comando do Estado.

Perillo também viu sua imagem desgastada com o pedido de demissão ao vivo do jornalista Paulo Beringhs, da TV Brasil Central (TBC), que alegou sofrer censura e pressão política nos bastidores do tucano.

A trajetória política de Perillo começou no partido de seu principal adversário, Iris Rezende (PMDB). O tucano foi presidente do PMDB jovem duas vezes, quando também atuou como membro do diretório estadual. Perillo exerceu o cargo de assessor pessoal do governador Henrique Santillo entre 1987 e 1991 e deputado estadual entre 1991 e 1995.

Em 1992, Perillo filiou-se ao Partido Social Trabalhista (PST), onde permaneceu até 1993, quando o partido se uniu ao Partido Trabalhista Renovador e criou o Partido Progressista. Em 1994, foi eleito deputado federal pelo PP.

Atual governador eleito de Goiás, Perillo já exerceu o cargo em 1998, quando passou a fazer parte do PSDB, com apenas 35 anos. Na ocasião, foi considerado o governador mais jovem do Brasil e derrotou o seu atual adversário, Iris Rezende. Em 2006 concorreu ao Senado, e foi eleito com 75% dos votos.

Leia Também