Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

CULTURA

Marco abrirá 1ª temporada de exposições de 2011 no dia 12

9 ABR 2011Por SCHEILA CANTO22h:00

O Museu de Arte Contemporânea (Marco) recebe na próxima terça-feira, dia 12, a 1ª Temporada de exposições 2011, com vernissage às 19h30min. A exposição contará com três mostras: “Compensado” pinturas e gravuras de Paula Zacaro, “Oriente/Ocidente” fotografias de Juan Britos e “Corpo em evidência ou memória insinuada”, uma coletiva de artistas do acervo do museu.

O acervo do Marco é composto, atualmente por cerca de aproximadamente 1500 obras em diversas modalidades artísticas, incluindo um conjunto significativo de obras que registram o percurso das artes plásticas do nosso Estado e do país; do princípio aos dias atuais.

Segundo Maysa Barros, coordenadora do Marco, as mostras buscam lançar um novo olhar investigativo, oferecendo possibilidades para um novo reposicionamento do sentido de algumas obras, tornando dinâmica a relação entre o discurso e formas de interpretação nas exposições fotográficas “Ocidente/Oriente” do fotógrafo paraguaio, Juan Britos e a coletiva “Corpo em evidência ou memória insinuada” de artistas que compõe o acervo do museu.

A exposição conta apresenta, ainda, as gravuras e pinturas da artista plástica paulista, Paula Zacaro. Sua proposta se divide nas séries, “Interiores, espaços e formas”. A artista dialoga com os espaços arquitetônicos numa dinâmica de cores, formas e planos que são pensadas em concordância com o suporte escolhido, a madeira.

Corpo em evidência ou memória insinuada

Na mostra,  o  recorte  curatorial investiga  nessas  obras  as  maneiras  em  que  a  representação  do  corpo,  visível  ou  não,  se  evidencia  nas  condições  oferecidas  pela  singularidade  das  linguagens  de expressão.

Ocidente/Oriente

O fotógrafo paraguaio, Juan Britos, perambula por  diversas  situações  do  cotidiano  indígena,  abordando  um  cenário  conflitivo  que requer acessos plurais.

 

Serviço

A primeira temporada abre visitação de terça a sexta das 12h às 18h. Sábado, domingo e feriado das 14h às 18h. Mais informações no Museu de Arte Contemporânea, Unidade da FCMS, que fica na Rua Antônio Maria Coelho, 6000, no Parque das Nações Indígenas.

Leia Também