Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

'É PALHAÇADA'

Maradona critica ausência de Tévez da seleção

30 ABR 2011Por Por GLOBOESPORTE, Buenos Aires09h:00

 

Diego Maradona, ex-tecnico da seleção argentina e maior ídolo do futebol do país, criticou de forma áspera a ausência de Carlos Tévez da equipe nacional. Segundo o Pibe, a não convocação do atacante do Manchester City não é uma atitude isolada do atual comandante, Sérgio Batista.

Na opinião do ex-jogador, o presidente da Federação Argentina de Futebol (AFA), Júlio Grondona, tem interferência sobre as escolhas de Batista.

- É uma palhaçada que não convoquem o Tévez. Existe uma ordem que não creio que seja de Batista para não chamá-lo. Me parece que ele está sendo castigado - afirmou Maradona, em entrevista à Rádio Belgrano.

Maradona citou ainda a ausência de seu genro, Sérgio "Kun" Agüero, do Atlético de Madri, da equipe nacional. Segundo o Pibe, o jogador não participou do confronto diante do Brasil, no Qatar, por conta de uma lesão muscular.

- A verdade é que eu não entendo toda essa situação. Estamos falando do "Kun", que está jogando muito bem, e do Tévez, o jogador do povo. No Barcelona, Messi marca de todas as maneiras, mas na Seleção, o goleiro sempre defende ou a bola vai para fora. Precisamos deles juntos. Fico mal pelo Tévez porque ele dá a vida pela camisa da Argentina - afirmou o ex-jogador.

Para Maradona, Tévez está fora por ter defendido a sua permanência na seleção argentina. Agüero, por sua vez, por ser casado com a sua filha. Para o Pibe, tais circunstâncias atrapalharam os jogadores na equipe nacional.

Leia Também