Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Justiça

Mantida prisão de condutor que matou motociclista na Capital

25 JUN 12 - 10h:52Gabriel Maymone

Rubinho Silva de Souza, de 24 anos, teve o pedido de Habeas Corpus negado pelo juiz titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Alexandre Ito. Rubinho é acusado de atropelar e matar o motociclista Luiz André Gonzales dos Santos, de 19 anos, no dia 10 de junho, na Rua Galdino Vilela, no Bairro Vida Nova.

A defesa do acusado alegou que o réu é primário, possui residência fixa e ocupação lícita. O Ministério Público opinou pelo indeferimento do pedido.

Em sua decisão, o juiz analisou que “não houve alteração das circunstâncias fáticas que respaldaram a conversão da prisão, especialmente porque os fatos se deram em data recentíssima. Ademais, predicados pessoais, tais como, primariedade, residência fixa e ocupação lícita, por si sós, não conduzem, necessariamente, à soltura”. Assim, o juiz indeferiu o pedido de revogação da prisão preventiva. A decisão foi publicada no Diário da Justiça de quinta-feira, dia 21 de junho.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRESIDENTE DA CCJ

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz Simone

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Incêndio em terreno baldio localizado na área central assusta moradores
BATAYPORÃ

Incêndio em terreno baldio assusta moradores

Mais Lidas