Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INFLAÇÃO

Mantega se surpreende com alta de alimentos

Mantega se surpreende com alta de alimentos
07/04/2011 15:02 - folha


O ministro Guido Mantega (Fazenda) admitiu nesta quinta-feira que nem os analistas foram capazes de prever a elevação da inflação dos alimentos no mês de março.  "Todos analistas se enganaram. Houve um repique da inflação de alimentos, que não era esperado", declarou.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou hoje que o IPCA (a inflação oficial) ficou em 0,79%. O governo previa um crescimento da inflação em torno de 0,45%, enquanto os analistas do mercado financeiro acreditavam em um aumento de 0,65%.

Mantega disse que os motivos da elevação estão relacionados ao período do ano. "Tem a ver com o regime de chuvas. Foi excepcional, porque todo ano, a esta altura, os alimentos já começam a cair. Então, foi fundamentalmente alimentos. Eles tem que cair a partir de abril, porque pega um período de chuva, entressafra. Daqui a pouco isso cai", explicou.

Sobre a elevação do dos preços dos serviços, que tiveram crescimento de 8% em doze meses até março deste ano, Mantega disse os serviços já dão sinais de queda, mas o governo vai ficar atento e tomará as medidas necessárias. O ministro, porém, não detalhou quais medidas serão essas.

"Os serviços já dão sinal de queda. Se você olhar o IPCS. Estamos vigilantes. Vamos tomar medidas em relação a isso, mesmo sabendo que daqui a pouco essa inflação de alimentos está caindo."
 

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.