Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MINHA CASA, MINHA VIDA

Mantega recomenda manter investimentos

29 MAR 11 - 20h:00AGÊNCIA BRASIL

A habitação popular, o fornecimento de crédito à população de baixa renda e o acompanhamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) serão os principais desafios do novo presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, afirmou hoje (29) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Em cerimônia fechada no ministério, ele deu posse a Hereda no comando da instituição financeira.

Mantega recomendou que o novo presidente mantenha o trabalho da antecessora, Maria Fernanda Ramos Coelho. “Você tem a nossa confiança e terá o nosso apoio para fazer com que a Caixa fique ainda melhor do que conseguiu ser em 2010 e, daqui a quatro anos, teremos a Caixa Econômica brilhando e competindo em todos os mercados financeiros”, declarou Mantega em áudio divulgado pelo Ministério da Fazenda.

Em discurso, Mantega afirmou que Hereda, que ocupava a vice-presidência de Habitação da Caixa, tornou mais ágil a concessão de financiamentos habitacionais. Segundo o ministro, o banco agora deve se concentrar na ampliação do crédito à população de baixa renda e ao acompanhamento do programa Minha Casa, Minha Vida. “É um trabalho diuturno, para que a gente possa cumprir as metas e objetivos que o governo estabeleceu”.

Indicada para representar o Brasil no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a ex-presidenta Maria Fernanda Coelho também participou da cerimônia e teve a atuação elogiada por Mantega. “Nesses cinco anos, não só o país melhorou muito, como a Caixa Econômica mudou de patamar”.

Entre as realizações de Maria Fernanda, Mantega destacou o aumento do crédito para pessoas físicas e jurídicas e o papel do banco na rápida superação da crise financeira internacional. O ministro ressaltou ainda o avanço da Caixa na área imobiliária. “Saímos de um financiamento modesto de R$ 5 bilhões ao ano para R$ 75 bilhões no ano passado”. Mantega comemorou ainda o fato de o programa Minha Casa, Minha Vida ter fechado 2010 com 1 milhão de financiamentos concedidos.
 


 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Tarcísio, ministro da Infraestrutura, vira queridinho de Jair Bolsonaro

BRASIL

Em resposta a Bolsonaro, Maia diz que presidente é quem agride nas redes sociais

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

Mais Lidas