Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Mano vê futebol do Brasil distante de Espanha, Alemanha e Argentina

8 SET 2012Por terra22h:00

O técnico Mano Menezes não quis reconhecer a atuação ruim da Seleção Brasileira nesta sexta-feira diante da África do Sul, em duelo que terminou com vitória magra por 1 a 0 e protestos dos torcedores. "Não jogamos muito mal", avaliou o comandante. Mesmo assim, o treinador admitiu que o time verde e amarelo ainda se encontra distante de outras potências do futebol mundial, como Espanha, Alemanha e Argentina.

"Se me perguntar se somos os melhores do mundo nesse momento digo que não, precisamos ser realistas e percorrer uma distância para chegar a esses melhores. E estou tendo o cuidado de fazer isso degrau por degrau para não sofrer uma queda brusca", avaliou Mano Menezes, que acrescentou ainda não ter o elenco para o Mundial de 2014 formado.

"A base dos jogadores da Copa você pode ter um, dois, três diferentes, mas precisamos tomar essa decisão quando for a hora certa. Quando estivermos bem, tivemos 62% de posse de bola e trabalhamos dentro dessa linha. Independentemente de número maior de jogadores de criação, fazemos isso em sequência de jogos contra qualquer adversário. Fizemos isso contra México, Dinamarca, e esse é o caminho para a formação de uma Seleção", continuou o técnico.

A Seleção Brasileira de Mano Menezes não vem tendo bons resultados. Após fracasso nos amistosos contra potências mundiais como Alemanha, Holanda, Argentina e França, o time verde e amarelo ainda sucumbiu na Copa América e também nos Jogos Olímpicos. Apesar disso, Mano criticou a "torcida contrária" de alguns brasileiros.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também