Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CRISE NO TIMÃO

Mano<br> descarta pedir demissão

Mano<br> descarta pedir demissão
07/02/2014 08:15 -


Mano Menezes descartou um pedido de demissão do comando do Corinthians, mesmo amargando quatro derrotas consecutivas no Campeonato Paulista. O treinador reconheceu que a situação está mais complicada do que ele imaginava, mas mantém a esperança de reverter a má fase e levar a sua equipe à próxima fase do Estadual.

“Terei paciência. Quando aceitei o convite para retornar ao clube, tinha noção muita clara do trabalho que iria assumir. Pode estar sendo um pouco mais difícil, mas vou ter a paciência no que depender da minha parte. Não posso falar pelo Corinthians”, destacou o comandante.

O Corinthians enfrenta no domingo o Mogi Mirim, fora de casa, e no outro domingo tem o clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu e o treinador promete mudanças.

“Há tempo para fazer a recuperação, conhecemos o campeonato que estamos jogando e o tipo de competição. Logo logo vamos estar apresentando os resultados diferentes. Garanto para o torcedor que até o clássico contra o palmeiras, a gente vai estar bem”, garantiu Mano.

Felpuda


Ao que tudo indica, partido teria criado “racha” apenas visando jogar para a plateia, e, assim, quem estava com a corda toda anunciou que se prepara para o desembarque. Nos bastidores o que se ouve é que o tal fundo partidário seria o motivo da desavença e que quem nunca comeu mel quando come se lambuza. Só que não. A estratégia é continuar “dono” da atual legenda e “tomar a frente” de partido que está em fase embrionária. Tudo inspirado na “velha política”.