terça, 14 de agosto de 2018

Maníaco de MG confessa morte de 5 mulheres

27 FEV 2010Por 05h:22
homem que é apontado pela Polícia Civil como o maníaco que estuprou e matou cinco mulheres na região metropolitana de Belo Horizonte, Marcos Antunes Trigueiro, 32 anos, confessou os crimes em depoimento à polícia no final da noite da última quinta- feira. O delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP), classifica Trigueiro como um homem “frio, calculista e muito inteligente, mas de louco não tem nada. O laudo feito pelos psiquiatras do Instituto de Criminalística mostra isso,” afirmou. “Ele é um criminoso que abordava as vítimas armado e, depois de estuprá-las, matava”. disse. O advogado do suspeito, Rodrigo Bizzotto Randazzo, disse que o cliente negou os crimes, mas se for realmente confirmada a autoria dos assassinatos em série, ele vai pedir um exame de sanidade mental para atestar que o cliente possui algum distúrbio. A mulher de Trigueiro, Rose de Paula Câmara, 22 anos, está presa na Penitenciária Feminina Estêvão Pinto, em Belo Horizonte. O delegado Moreira informou que ela deverá ser liberada brevemente, “mas até que todas as dúvidas sobre a participação ou se ela sabia ou não sejam tiradas, ela vai ficar presa. A prisão temporária vale 30 dias, não temos pressa”, disse. Debaixo da cama O pintor Marcos Antunes Trigueiro foi preso na última quarta-feira e foi submetido a um exame de DNA, que comprovou que seu material genético é o mesmo encontrado no corpo das vítimas. Trigueiro é casado pela terceira vez, pai de cinco filhos e quando foi detido tentou se esconder debaixo da cama.

Leia Também