Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Liga dos Campeões

Manchester vence e fica perto da final

26 ABR 2011Por uol16h:41

Neuer fez o que pôde. Fechou o gol do Schalke no primeiro tempo e resistiu até os 22min da etapa final. No entanto, depois que Giggs abriu o placar, os alemães sucumbiram à pressão do Manchester United. Com gols de Giggs e Rooney, o time inglês venceu por 2 a 0 o primeiro duelo das semifinais, na Arena AufSchalke, em Gelsenkirchen, e ficou perto da decisão da Liga dos Campeões.

O Manchester United dominou a partida inteira. Superior tecnicamente, teve postura mais ofensiva mesmo atuando como visitante e se manteve perto do gol de Neuer o tempo todo. Foi difícil superar o goleirão, mas de tanto insistir o time dos diabos vermelhos teve sucesso e deu importante passo rumo ao título.

Se nas quartas de final o setor ofensivo do Schalke brilhou, desta vez foi a vez de o goleirão se destacar. Neuer tem 25 anos, 1,93m e 90 kg. Nesta Liga dos Campeões, havia sofrido oito gols em dez partidas. No entanto, Giggs e Rooney chegaram livres a sua meta na etapa final e não desperdiçaram as oportunidades.

A disputa ainda terá o segundo capítulo. Na próxima quarta-feira, dia 4 de maio, o Schalke vai até o estádio Old Trafford, em Manchester, onde a pressão deverá ser ainda maior, dentro e fora de campo. Pela primeira vez na semifinal do torneio, o Schalke precisará se superar para alcançar a inédita decisão.

Os ingleses continuam como favoritos, mas sabem que o Schalke pode aprontar novamente. Afinal, na fase anterior, o time alemão se classificou com duas vitórias sobre a Inter de Milão, atual campeã da Liga. Venceu na Itália por 5 a 2 e confirmou a vaga na Alemanha ao triunfar por 2 a 1.

Neuer se tornou um pesadelo para o ataque do Manchester no primeiro tempo. Ele fez pelo menos quatro defesas decisivas e com alto grau de dificuldade. Rooney tentou no canto superior esquerdo, Chicharito chutou cruzado, Giggs cabeceou e ninguém conseguiu superar o goleiro do Schalke. Quando a finalização escapava do camisa 1, ia para fora.

Dominado pelo Manchester, o time alemão não conseguiu se impor na primeira metade. Van der Sar quase não trabalhou. O brasileiro Edu, camisa 9 do Schalke, não criou nenhuma grande chance. Sua melhor finalização foi sem força e não ofereceu perigo. O veterano Raúl também nada fez. Foi anulado durante todo o jogo.

Além de ter mais posse de bola, a equipe inglesa sufocou o rival em seu campo. Foram 12 chutes contra a meta de Neuer, contra quatro tentativas dos anfitriões. O começo do segundo tempo teve o mesmo panorama dos 45 minutos iniciais: Manchester atacando, Neuer resolvendo para o Schalke.

A torcida alemã fez sua parte e incentivou a equipe. Tentou dar uma ajuda para Neuer. Na etapa final, o goleiro desviou cabeçada perigosa e parecia invencível. Mas não era. Giggs conseguiu abrir o placar aos 22min, aproveitando ótima assistência de Rooney. O camisa 10 também fez o seu ao receber na área, livre de marcação, e bater de primeira. O Manchester, então, recuou um pouco e administrou a boa vantagem.

Leia Também