Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MODELO DESAPARECIDA

Manchas de sangue são as pistas que a polícia está investigando

1 JUL 10 - 06h:29
Rio

A Polícia Civil de Minas Gerais continua trabalhando em busca de pistas que possam esclarecer o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno, do Flamengo. Peritos do Instituto de Criminalística confirmaram a existência de vestígios de sangue no carro do jogador. Amostras do sangue do pai de Eliza teriam sido colhidas para comparações. Até agora, pelo menos 20 pessoas já foram ouvidas.

O carro importado era dirigido por um amigo de Bruno, quando foi apreendido numa blitz, no dia 8 de junho, por apresentar problemas na documentação. Clayton da Silva, o motorista, foi ouvido pela polícia durante quase cinco horas. O advogado Lourival Carneiro, que acompanhou o depoimento, disse que o motorista “não deve nada”.

Roupas, fraldas e outros objetos encontrados estão sendo analisados. Ainda segundo fontes ligadas às investigações também teria sido detectado sangue na casa. A polícia recolheu imagens do circuito interno do condomínio onde fica o sítio do jogador.

A delegada Alessandra Wilke, responsável pelo inquérito, disse  que “a gente está trabalhando, vai continuar trabalhando, e por enquanto não pode ser divulgada nenhuma informação. O Bruno ainda não foi intimado. Se ele quiser comparecer pra depor espontaneamente ele pode vir, que nós vamos ouvi-lo, mas não intimamos ele ainda”.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresário que estava em motel com mulher que surtou foi ouvido nesta tarde
SURTO NO MOTEL

Empresário que estava com mulher que surtou foi ouvido nesta tarde

Empreendedores de MS terão R$ 1,7 bilhão para investimentos em 2020
FCO

Empreendedores de MS terão R$ 1,7 bilhão para investimentos em 2020

Árvores da Avenida Mato Grosso recebem tratamento após morte de figueira
MANEJO

Árvores da Avenida Mato Grosso recebem tratamento após morte de figueira

Roberta D'Albuquerque: "Conserto a preço justo"
COMPORTAMENTO

Roberta D'Albuquerque: "Conserto a preço justo"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião